21 Fev

Na mesa: SUCRÉ PATISSERIE

Por Lia Quinderé em 21/02/2013 às 12h15m

» Comentário (0)

Almoço de Amigas

Adoro ver uma resenha carinhosa sobre a Sucré, e hoje, teremos a aparição do blog “Almoço de Amigas” falando da sua experiência na loja da Nunes Valente. Vamos conferir?

38


Veja mais!

Tags: , , , , , , , , ,

26 Nov

Batalha do Croissant

Por Lia Quinderé em 26/11/2012 às 10h53m

» Comentários (6)

Batalha do Croissant

Farinha, manteiga, leite, fermento, sal e açúcar juntos em suas proporções devidas, formam um Croissant. Pão característico, feito de massa folheada e muito popular na França. O segredo do bom croissant é ter uma crosta crocante, uma bonita cor dourada, as pontas devem ser descoladas do meio e o miolo claro, aerado e devidamente folheado.

Tenho uma prima, Luciana, que estuda cinema em Lille e veio pra Paris, passar o final de semana comigo. Um dos programas escolhidos por nós, foi sair em busca do croissant perfeito. Escolhemos as 4 Patisseries mais famosas por seu croissant.

Batalha do Croissant

Estudamos a rota no mapa, e saímos para a maratona que durou a manhã inteira!

Batalha do Croissant

A primeira pâtisserie foi a Eric Kayser. Ela é famosa por ter o melhor pão de Paris (isso nós vamos descobrir depois). Bisneto, neto e filho de padeiros, o Eric abriu a primeira loja em 1996 e hoje já possui mais de 80 lojas no mundo inteiro.

Batalha do Croissant

Compramos o croissant na loja da Rue D’assas, no 6ème.

Batalha do Croissant

Seguimos para o 12ème, onde se encontra uma pâtisserie maravilhosa (depois dedicarei um post exclusivo para ela) chamada Blé Sucré.

 

Batalha do Croissant

A Blé não é famosa no mundo turístico, talvez isso a torne mais especial do que já é. Mas é famosa no mundo da gastronomia. Fabrice Le Boudart, o Chef, depois de trabalhar em hotéis como Le Bistrol e Plaza Athénée, resolviu abrir sua própria Patisserie. E hoje é considerada por muitos como a melhor de Paris.

Batalha do Croissant

Chegamos lá, compramos o croissant, mas não conseguimos sair só com ele! Rsrrs saímos com trufas, barras de chocolate, caramelos…

Batalha do Croissant

 

Batalha do Croissant

O Chef Patissier é famoso pelos seus Macarons, mas tudo na Patisserie encanta. Tem várias lojas em Paris. A que fomos foi na Rue Bonaparte. Não tinha o croissant natural, mas compramos o à La Rose (o de rosas).

Batalha do Croissant

Ao sairmos do Hermé, fomos andando até a Rue de Cherche Midi, para a Poilâne, uma boulangerie maravilhosa.

Batalha do Croissant

Recheada de pães e biscoitos, a loja é ultra pequena e muito charmosa. Pedimos o Croissant e fomos à minha faculdade.

Batalha do Croissant

No jardim de inverno da faculdade, colocamos todos os croissants em cima da mesa, partimos e degustamos.

Batalha do Croissant

Croissant do Eric Kayser: Gostamos bastante dele. Era grande, robusto, dourado, bem aerado e bem assado.

Batalha do Croissant

Croissant da Blé Sucré: Perfeito! A Crosta super crocante, cor bonita, bem folheado, e um aroma de manteiga suave. Imcomparavel.

Batalha do Croissant

 

Croissant da Poilâne: achamos pequeno, não estava bem assado por dentro. A baguete realmente é a grande estrela da Boulangerie. Mas os outros croissants estavam bem melhores.

Batalha do Croissant

Croissant da Pierre Hermé: O croissant da Pierre Hermé é muito bom, mas como não tinha o natural, só o de rosas, ficou difícil comparar. Já é a segunda vez que vou lá procurar o Croissant Natural e não tem. Pena…

Batalha do Croissant

Sem a menor dúvida, o vencedor da Batalha do Croissant foi a Blé Sucré. O pão de lá é grande, crosta super crocante, bem assado por dentro, folheado perfeito e muito saboroso.

 

Visitem quando tiverem oportunidade!!

Bjos e até a próxima!

Mais informações:

Poilâne:

http://www.poilane.com/index.php?

Blé sucré:

http://www.qype.fr/place/169004-Ble-Sucre-Paris ou http://www.youtube.com/watch?v=r_nGpnWJG5g

Pierre Hermé:

http://www.pierreherme.com/

Eric Kayser:

http://www.maison-kayser.com/

 

 


Veja mais!

Tags: , , , , ,