29 Out

IV Banquete dos Chefs – O Evento

Por Lia Quinderé em 29/10/2012 às 14h42m

» Comentário (1)

IV Banquete dos Chefs

O Post de hoje é especial porque vai contar todos os detalhes de como foi a IV Edição do Banquete dos Chefs que aconteceu no último dia 19 em Fortaleza.

O evento aconteceu na Casa Cor, no restaurante do Limone, que no dia, cedeu o espaço para que fizéssemos o evento.

Os donos do evento, os chefs e amigos, Eduardo Sisi e Charles Alexandrini me convidaram para ajudar na organização e eu adorei o desafio.

Quando começamos a pensar no evento, pensamos em inovar em relação às outras edições e por isso resolvemos convidar um chef de fora de Fortaleza. A ideia era trazer um nome de peso, e dar a oportunidade aos nossos clientes de conhecerem alguma personalidade da gastronomia brasileira.

IV Banquete dos Chefs

Foram 04 Chefs, 70 pessoas, 10 pratos, Harmonização com Chandon Excellence Rosé, pratos Limoges e talheres de prata do AcervoWP. Foi um sucesso!

IV Banquete dos Chefs

Começamos o serviço com as Amuses do Chef Alberto Landgraf, que surpreendeu à todos com sua cozinha autoral, conceitual e chic.

IV Banquete dos Chefs

A primeira, o Magic moment, foi uma entrada de palmito pupunha, vinagre de mel e purê de limão siciliano. Combinação perfeita. Mel e limão são como irmãos ao meu paladar, e ao juntar-se com o palmito que tinha uma crocância delicada, suave, se transformaram em uma leve e deliciosa forma de começar o banquete.

IV Banquete dos Chefs

A segunda Amuse do Chef convidado foi um prato de picles de cebola roxa, com vinagrete de pignolis e leitelho. Surpreendente. O molho, um butter Milk com cerefólio (planta conhecida como folha da alegria), fez muita gente querer virar o prato e beber o remanescente no prato! As cebolas contrastando com os pignolis, e a redução de manteiga… Nossa! DIVINO!

IV Banquete dos Chefs

A primeira entrada foi também do Landgraf, e na minha opinião, a melhor de todas. Caldo de feijão com ovo de codorna pochê, farelo de avelãs com brioches tostados e molho vierge, feito à base de limão siciliano. O ovinho de codorna, cozido por fora, mole por dentro, que ao partir estourava a gema, era a grande estrela do prato. Encho a boca de água só de pensar!!! Rsrsr

IV Banquete dos Chefs

A segunda entrada era do querido Chef Charles Alexandrini. Eu particularmente adoro uma característica da cozinha dele. Ele sabe aproveitar muito bem a nossa localização geográfica. Prepara os nossos frutos do mar como poucos.

IV Banquete dos Chefs

E a entrada dele foi batata brava confitada com mousseline de camarão. A batata era cortada em formato de cestinha, recheada com a mousseline levemente apimentada e coroada com uma camarão super macio.

IV Banquete dos Chefs

A terceira entrada com certeza foi uma das que mais surpreendeu. O Chef Eduardo Sisi, talentosíssimo, preparou um gratinado de catupiry, shitakes caramelizados, Parma crocante e sobre asas de frango.

IV Banquete dos Chefs

Digo que foi a que mais surpreendeu porque a combinação de frango, cogumelos e Parma foi no mínimo inusitada e criativa.

IV Banquete dos Chefs

Depois das entradas, vieram os pratos principais. O primeiro deles foi o do Chef Charles. Um risoto de arroz negro com mexilhões e camarões. Eu sou super suspeita pra falar porque amo camarão e mexilhão. Mas foi unânime que o Chef arrasou na combinação.

IV Banquete dos Chefs

O segundo prato foi do Sisi, outra excelente surpresa. Sassami ao molho xadrez com arroz yakimeshi trufado. O sassami é a parte mais nobre do frango. Uma parte do filé de peito. O arroz yakimeshi do Eduardo é famoso. E a trufa deu um toque muito especial. Por fim, uma espiga de milho pequenininha, lembrando como frango combina bem com milho.

IV Banquete dos Chefs

O último prato principal, para fechar com chave de ouro, o Chef Landgraf preparou uma paleta de Leitão, acompanhado de uma lasanha de leitão e abóbora laqueada. Sensação indescritível de encostar o garfo na carne e ela se soltar, super macia.

Iv Banquete dos Chefs

Depois dos pratos, foi chegada a vez das sobremesas que eu havia preparado pro banquete. O meu processo criativo começou um mês antes do banquete. Queria fazer uma sobremesa com alguma fruta e outra com chocolate. Depois de pensar bastante, fazer vários testes, desenhar… Consegui ficar satisfeita com duas.

IV Banquete dos Chefs

A primeira, um biscoito Tuile em formato de gota, que abrigava um sorvete de banana caramelada, e algodão doce de canela em cima.

IV Banquete dos Chefs

A segunda foi uma seleção de pirulitos de chocolate, amêndoas, mel e praliné de avelã. Acompanhados de croustillant de amêndoas e laranja com sabayon de chocolate, um mousse de chocolate super cremoso.

IV Banquete dos Chefs

Muitas pessoas bacanas se fizeram presentes no banquete e curtiram também o som do queridíssimo e super talentoso DJ Itaquê.

IV Banquete dos Chefs

Agradecemos à todos nossos patrocinadores: O Povo, Bomar, Granja Regina, Mercadinhos São Luiz e Chandon. E aos nossos apoios: Finna, Casa Pio, Acervo Wp, Dj Itaquê, Igraf, Padeirão, Limone, Engefood, Maúna, Senac, Cia dos Novos e Frank Borges.


Veja mais!

Tags: , , , ,

20 Ago

Menu de Degustação do Restaurante Moana

Por Lia Quinderé em 20/08/2012 às 11h36m

» Comentários (5)

Esses dias participei de um Menu Degustação no Moana, preparado pelo Chef Eduardo Sisi e harmonizado com vinhos franceses da Effeverscence do francês Ghislain. Vou contar pra vocês tudo que rolou por lá, Check it out!!

A noite começou com o serviço do espumante Cremant. Os Cremants são espumantes franceses produzidos no mesmo método dos champagnes. Não tem a denominação de champagne por serem produzidos fora da região. São os precursores dos champagnes. Conta-se que Dom Perignon buscou o método do Cremant para desenvolver a champagne.

De entrada, acompanhando o Cremant, o chef serviu polvo confitado, com beringelas marinadas, queijo coalho assado com mel de engenho. Estava tudo impecável.

A segunda entrada foi o Camarão crocante com molho de maracujá, cupuaçu e manga. Acompanhando saladinha com bardana. Sempre maravilhoso!

Os camarões foram harmonizados com o Petit Chablis, um dos vinhos brancos mais difundidos na França. Feito a partir da uva chardonnay. Tem por característica um aroma marcante de frutas cítricas, maçã e um leve toque de amêndoas.

O magic moment da noite, foi o consumê de mandioquinha, com croutons e semente de chia. Gente, tenho que falar sobre a textura aveludada do creme. DIVINO.

Para  harmonizar com o prato principal, a Effervescence serviu o Côtes du Rhône, um vinho tinto maravilhoso. Vinho feito a partir das uvas Grenache e Shiraz.

 

O prato principal foi Filé Mignon com shitakes caramelizados e risoto de jaca com espinafre. A carne estava no ponto. O risoto estava maravilhoso, como sempre. O Chef, mais uma vez, arrasou!!

De sobremesa, o chef serviu o ultimo desejo. Uma sobremesa de morango com chocolate. Estava ótimo também! Eu adoro morango e chocolate juntos!

O jantar estava cheio de pessoas queridas e especiais.

(Na foto: Charles Alexandrini, eu e Eduardo Sisi)

(Na foto: Marie, Alexandrina Alexandrini, eu, Marina Baquit, e Mariana Miranda)
Gostaram? Não percam o próximo!! Bjooos e até!


Veja mais!

Tags: , , , , , ,

13 Ago

Dining & Wine

Por Lia Quinderé em 13/08/2012 às 10h14m

» Comentário (0)

Nessa próxima quinta feira em Fortaleza, teremos um super encontro no restaurante Moana. O Chef Eduardo Sisi e o francês muito simpático Ghislain, da Effeverscence estarão juntos. Servindo um Menu harmonizado com vinhos e espumantes franceses.
Vale a pena conferir!!!


Veja mais!

Tags: , , , , , , , ,