24 Mai

Fauchon

Por Lia Quinderé em 24/05/2012 às 11h44m

» Comentários (2)

Pra aproveitar a onda de Paris, e dar algumas dicas à amigas minhas que irão pra lá nos
próximos dias, resolvi falar dela. Glamour, magia, encanto, exclusividade, essas são apenas
algumas palavras que eu poderia usar para definir a Fauchon. A casa não é tão popular quanto
à Ladurée e talvez seja por isso que me desperte tanto a curiosidade.

Em Paris tem duas lojas, uma vizinha à outra, em frente à Madeleine. A impressão que dá, é
que ela começou de um lado, pequena e teve que crescer, optando por um endereço ao lado,
em diagonal com a primeira loja.

Rosa choque e preto, tem em suas cores fortes, a elegância. De um lado, uma loja em L, que
vende sobremesas frescas, sanduíches, saladinhas, especiarias, peixes frescos, bebidas, etc.
Tudo prêt-à-porter pra levar e comer em casa ou nas bancadas altas que a loja disponibiliza.

Na outra loja, maior, o sonho acontece! No piso térreo, chocolates, macarons, champagnes,
trufas, presentes embalados com muito charme, chá, ervas, e um mundo de coisinhas gostosas
e lindas…

No 1º piso, um restaurante, com uma varandinha coberta e climatizada, com teto de lona
transparente. E no subsolo uma adega maravilhosa.

Na ultima vez que fomos, almoçamos na varandinha. Eu comi um foie gras de entrada e de
prato principal comi um prato de coquille st jacque com espuma de champagne (vieiras típicas
da França). Tudo muito fresco, leve. Divino!

(meu prato de Coquille St jacque)

E no final as sobremesas, de deixar qualquer um maluco. Primeiro pela dificuldade em decidir
qual escolher, depois pelo sabor, de comer rezando.

Eu fiz cada um da minha família escolher uma diferente para que eu pudesse provar de tudo,
rsrsrsrs, sempre faço isso. Mas é trabalho, né?!

Eu optei pela tortinha de sablé com framboesa e pistaches. Afinal, framboesa boa, a gente só
consegue por lá. Aqui no Brasil já chega meio passada… E eu adoro!!!

A mamãe pediu uma tortinha de chocolate com amêndoas.

A Marina minha irmã pediu uma de baunilha com nougat.

A Bruna pediu uma éclair de caramelo que estava demais! Acho que foi a campeã. Ela estava
tão bonita que não deu tempo nem fotografar!!

Tava tudo maravilhoso! Ficamos na varanda do restaurante e passamos quase a tarde toda por
lá… Muito agradável!

Bjos e até o próximo post!!

Mais informações:

www.fauchon.com

24-26 Place de la Madeleine, Paris 8ème


Veja mais!

Tags: , ,

21 Mai

Crepe de Nutella

Por Lia Quinderé em 21/05/2012 às 11h07m

» Comentários (14)

Uma das coisas mais gostosas de Paris é parar em uma barraquinha de crepe, pedir o mais famoso deles, o crepe de Nutella, e sair batendo perna sem pressa, comendo aos poucos a delícia.

Outro dia, a Georgia Santiago, fotógrafa e uma das grandes amigas que Deus me deu, foi à Paris e me pediu algumas dicas. Em troca, pedi à ela que fotografasse a experiência dela ao comer o crepe, para que eu postasse aqui pra vocês.

Só pra deixar todo mundo com água na boca…

Ela foi ao Jardim de Luxembourg e fotografou o passo a passo do feitio do crepe! Check it out!

Primeiro ela colocou a massa na chapa quente.

Depois ela espalhou com a espátula própria de fazer crepes.

Depois ela dá uma viradinha pra dourar do outro lado.

Depois ela derrama a delícia da nutella.

Espalha o recheio…

Vai virando e fechando o crepe.

Agora ele fechadinho.

E Voilá! O crepe está pronto para habitar dentro de você!!! Rsrsrs

E aí? Ficaram desejando?

Créditos para a grande fotógrafa: Georgia Santiago.

Bjos! E obrigada pela visita!!


Veja mais!

Tags: , ,

17 Mai

Escondidinho de maracujá

Por Lia Quinderé em 17/05/2012 às 11h51m

» Comentários (16)


Hoje me inspirei e fui pra cozinha fazer uma receitinha nova pra partilhar aqui com vocês. Um doce que promete ser um sucesso!

Você sabia que o maracujá é um privilégio de poucos países? E que na Europa, o fruto da paixão, como é conhecido, é raro e caro? O quilo do maracujá, por lá, chega a custar mais de 50 euros. Pra nossa felicidade, o maracujá no Brasil é barato e abundante.

E a receita de hoje, é o Escondidinho de Maracujá. É bem fácil de fazer.

Os ingredientes que você vai usar são: Maracujá, brigadeiro branco, brigadeiro preto, crocantes de chocolate e anilina amarela.

Primeiro você faz um brigadeiro branco, depois um brigadeiro preto e deixa esfriar. Deles eu não preciso dar a receita né?! Todo brasileiro que se preze sabe fazer essas delícias de doce!

Depois você parte os maracujás. Tira a polpa e passa pela peneira para tirar o sumo.

Depois você mistura o suco do maracujá com o brigadeiro branco. A quantidade certa é até formar uma massa cremosa, espessa e não muito mole.

Vá adicionando aos poucos. Misture com o fouet (batedor de alumínio).

Depois coloque a massa de maracujá em um saco de confeitar com bico 12.

Com a massa de brigadeiro preto, abra um circulo achatado.

Coloque o recheio no centro.

E depois feche as bordas para enrolar o doce.

Depois de feita a bolinha, passe nos crocantes de chocolate.

E voilá! O doce tá pronto! Trouxe duas amigas lindas pra provar as novidades.

A Mari e a Jú vieram e amaram o escondidinho!!

Espero que vocês gostem da receitinha!

Quem não quiser se arriscar na cozinha, vai na Sucré! Rsrsrsrs

Bjos e até a próxima!!!


Veja mais!

Tags: , , ,

14 Mai

Ladurée

Por Lia Quinderé em 14/05/2012 às 16h23m

» Comentários (6)

Falar de Paris é falar de comer bem. E quando se trata de Patisseries, Paris está cheia
delas. Mas nada, ou quase nada, se compara à Ladurée.

A casa é super tradicional, foi fundada em 1862. Existem 03 lojas em Paris, mas a da
Rue Royale, pertinho da Madeleine, foi a primeira, que começou como uma Boulangerie, se
transformando em Patisserie em 1871, após um incêndio. Hoje, a marca ganhou fama mundial,
em grande parte por causa dos Macarons.

Caixinha de 32 macarons que comprei lá.

Sempre que tenho a oportunidade de ir à Paris, não deixo de visitar a Maison. Da
última vez, fui duas vezes. Uma à casa de chá no 2º piso da loja da Champs Elysées, com a
mamãe, a Marina minha irmã, a minha tia Madá e a Bruna minha cunhada.

Comemos na casa de chá uns club sanduíches e de sobremesa pedimos mont-blanc
(sobremesa favorita da mamãe). Essa é uma sobremesa super famosa na frança, feita à base
de creme de marron (a nossa castanha portuguesa).

Eu pedi a Église. Uma bomba (parecida com éclair) recheiada com vários sabores. A que pedi
foi a de rosas.

E outro dia, fomos eu, a Bruna minha cunhada e a Vanessa, uma amiga nossa de Miami,
que estava morando em Paris, à da Rue Royale. Nesse dia, entramos na fila do balcão para
pedirmos uns sorvetinhos com macaron que estão fazendo muito sucesso!

Eu e a Bruninha comendo o sorvetinho de macarons de framboesa. Delíciaaa! Não se enganem
com as sacolas que estamos segurando! É tudo chocolate! Pesquisa de mercado né?!! rsrsrsr

Olhem que bonitinho o sorvete com uma metade de macarons em cima…

Na saída vimos esse caminhão parado na frente! Um caminhão de delícias!!! Deu
vontade de sequestrar o caminhão, já pensou? Rsrsrsrrs

Para nossa alegria, logo logo teremos no Brasil uma loja Ladurée. São Paulo foi a
cidade escolhida. Enquanto ela não chega, a gente curte pela internet ou nas cidades onde ela
já está.

Mais informações:

www.laduree.fr/

Ladurée 16-18 rue Royale Paris VIII – Tél. 01 42 60 21 79
begin_of_the_skype_highlighting

Ladurée 21 rue Bonaparte Paris VI – Tél. 01 44 07 64 87

Ladurée au grand magasin Le PRINTEMPS 64 Boulevard Haussmann Paris IX – Tél. 01 42 82
40 10


Veja mais!