24 Jun

Fechado para jantar

Por Lia Quinderé em 24/06/2013 às 17h58m

» Comentário (0)

Fechado para Jantar

Imagine ir jantar na casa de um amigo Chef. O que esperar? Ótima comida, excelente comida e muito boa comida. E se além disso, você encontrar musica boa, bebida de qualidade, gente bonita e alto astral?

É assim o Fechado para jantar. Não é propriamente um jantar, é uma experiência com todas as prerrogativas que citei. Comida, bebida, música, gente e alto astral, tudo isso junto, de uma forma inusitada e divertida. Na cozinha um menu contemporânea preparado pelas mãos do chef Raphael Despirite e no salão música ao vivo, gente interessante e cheia de historias pra contar.

 

Fechado para Jantar

 

Fui à edição que aconteceu na Casa Cor de São Paulo, dentro do espaço Brastemp one table. Chegamos ao evento, eu minha irmã e minha mãe, e fomos recebidas com um boton lindo com a logo do jantar. Visitamos a Casa Cor e fomos ao jantar. O evento começa com um coquetel em que os convidados já começam a interagir.

 

Fechado para Jantar

Um dos donos do evento, nos deu as boas as vindas, explicou o conceito do evento e entramos para o salão, composto por mesões com lugares marcados, em que pessoas que não se conhecem sentam juntos.

Fechado para Jantar

Sentamos com uma turma de meninas lindas e simpáticas. A chef que havia preparado a sobremesa, sentou na nossa mesa e, eu e ela, trocamos várias figurinhas…

A proposta é que nos sintamos em casa. Então todo o jantar é servido de forma informal e a bebida fica à disposição nas adegas e geladeiras. O Jazz tocado alto por uma banda, ditava o clima de animação que seria o jantar. Somos recebidos com pães artesanais e duas manteigas (tradicional e noisette).

Fechado para Jantar

O show começa e o Chef trabalha em ilhas de cook tops, à nossa frente.
Para começar, um tataki de salmão selvagem do Alaska, ponzu de limão siciliano e saladinha de pepinos, maçã verde e gergilim. Muito gostoso. O salmão quase cru, deitado sobre o ponzu e coroado com os pepinos, estavam em perfeita harmonia.

 

Fechado para Jantar

A segunda entrada foi uma sopa de tomates e cenouras orgânicas, mel e crocante de wasabi. Também senti um toque de algas. Divina sopinha! Jantaria sopa todos os dias, se tivesse dessas lá em casa!!! :)

Fechado para Jantar

Seguindo o jogo, o chef nos serviu um rolinho de confit de pato e molho agridoce de legumes. Servido em um prato de vidro, o rolinho feito com massa oriental proporcionava na boca uma sensação de contraste com o agridoce. Muito bom.

 

Fechado para Jantar

 

Para terminar o serviço do Chef, um entrecôte de angus, redução de malbec e um purê de batatas como deve ser com chips de raízes. Nesse prato, na minha opinião, o grande destaque vai para o purê de batatas, que tinha uma consistência inexplicável. E que junto ao entrecôte fecharam com chave de ouro!

Fechado para Jantar

No fim, o Bolo da Andrea Schwarz, que estava na minha mesa. O bolo de kit kat dela é bem disputado e a preocupação era se ia dar pra todo mundo. Depois de pegar a fila, a recompensa. O bolo é realmente maravilhoso! A massa é levinha, o recheio na doçura perfeita, nem demais nem de menos. E ela ainda é uma linda!

Fechado para Jantar

Bom, pra quem quer curtir o Fechado, ainda tem a oportunidade de ir nessa semana! Os ingressos estão sendo vendidos no foodpass.com. Pra quem não está em São Paulo, pode checar o calendário do evento. Eles estarão em Julho no Rio, em Agosto em Brasília, em Setembro em Fortaleza (uhullllllll), em Outubro em Goiânia e em Novembro em Recife.

Tags: , , ,

Deixe seu comentário

Please type the characters of this captcha image in the input box

Please type the characters of this captcha image in the input box