22 Out

Jantar 5 sentidos Natura com Bel Coelho

Por Lia Quinderé em 22/10/2012 às 10h20m

» Comentário (1)

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

Recebi um convite super especial semana passada, para ir à um programa muito diferente e inusitado. A Natura preparou um jantar só para convidados, assinado pela Chef Bel Coelho do Dui de São Paulo.

O jantar tinha a intenção de ressaltar os 5 sentidos, através de uma experiência sensorial. Os pratos da Bel foram inspirados em fragrâncias da Natura criadas pela perfumista Verônica Kato. E cada sentido (tato, visão, audição, paladar e olfato) foram abordados em um prato. O que esperar disso tudo? Uma experiência inesquecível, com certeza!

Começamos com o Tato, a perfumista explicou que o Tato é a forma mais comum de entrarmos em contato com quem amamos. Pra esse prato, a Bel se inspirou na linha Amó da Natura. A fragrância foi trazida à mesa, para que, ao comer, pudéssemos procurar as notas do perfume na comida.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

O prato era uma Salada de ervas, com queijo de cabra, maçã verde crocante, avelãs carameladas com pimenta rosa e canela, gelatina de lavanda, creme de patchouli e vinagrete de champagne. A salada estava bem perfumada e conseguia-se facilmente distinguir os aromas e notas de fragrâncias.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

O segundo sentido era o da Visão, as luzes se apagaram e tivemos uma apresentação de dançarinos com roupas luminosas, que se apagavam e se acendiam, num ritmo perfeito. Emocionante!

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

A perfumista explicou que através da visão, percebemos os detalhes à nossa volta. As luzes mudaram de cor e recebemos a próxima fragrância Kaiak. O prato era Pescada Amarela em crosta de noz moscada com spaghetti de pupunha e capim santo e molho de yuzi e algas. O Spaghetti é super leve e você come sem culpa, porque na verdade não é massa, é o próprio palmito. Super saudável e muito saboroso.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

O próximo sentido foi experimentado de uma forma sensacional. Fones de ouvidos foram trazidos à mesa à cada convidado. No fone, sons da natureza, barulho de pegadas na floresta, chuva caindo. Éramos convidados à fechar os olhos e curtir aquele som, ressaltando assim o sentido da audição. A natureza é rica em sons e é através da natureza que podemos perceber todos esses sons.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

(Na foto: os queridos Marina Baquit e o Chef Eduardo Sisi)

Depois da experiência relaxante com a natureza, recebemos a fragrância da linha Ekos. O prato era Costela de porco ao molho de priprioca, chutney de pitanga, purê de mandioquinha, farofa de castanha, com maracujá e ar de mate. A carne estava assada no ponto certo, desmanchando no garfo. Muito perfumado. Na minha opinião, foi a melhor parte do jantar.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

O paladar foi ressaltado pela sobremesa. Segundo a perfumista, o paladar nos leva a diferentes lugares e desperta sentimentos de felicidade. Eu concordo!!! Rsrsr

A Bel conseguiu despertar a alegria com a sua sobremesa. Leve e divertida, a sobremesa era um sorbet de pêra com creme de cereja, coulis de frutas vermelhas, farofa de cookies de canela, cápsula de azeite de gengibre e caramelo de cravo e pimenta do reino. Muito refrescante e feliz.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

O prato era pra ser comparado com a linha Humor.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

E por fim, para ressaltar o olfato, a Bel preparou uma infusão, que combinava muito bem com a linha essencial da Natura. Frutas vermelhas, lima da pérsia, tangerina, limão, whisky e carvalho. Foi pra fechar com chave de ouro.

Jantar 5 sentidos com Bel Coelho

Foi muito especial o programa. Encontrei pessoas super queridas. Me diverti muito! Agradeço o convite à Lilian Porto, promoter que organizou o evento. Parabéns Lilian, estava tudo perfeito!!!

Bjos e até a próxima pessoal!!!


Veja mais!

Tags: , , , , ,

15 Out

IV Edição do Banquete dos Chefs

Por Lia Quinderé em 15/10/2012 às 14h02m

» Comentário (0)

4ª Edição do Banquete dos Chefs

Vai acontecer nessa semana, o IV Banquete dos Chefs, em Fortaleza. Vocês lembram que eu dei todos os detalhes do ultimo banquete aqui? Pois é, essa edição está mais do que especial. Um dos motivos é porque estamos trazendo o super Chef Alberto Landgraf, eleito esse ano, o melhor chef de São Paulo pela revista “Go Where”. O Chef disputa o melhor restaurante, com ninguém mais que Alex Atala, que inclusive, o considera um dos melhores Chefs atuante do Brasil.

Além desse grande motivo, a edição está bem especial porque vai acontecer na Casa Cor Ceará. O Limone, está cedendo o espaço do restaurante para que o evento possa acontecer lá.

Além do Landgraf, teremos ainda 03 chefs locais. O Eduardo Sisi, do Moana, é um deles. O Sisi é paulista e tem formação em Londres, onde trabalhou com grandes Chefs da atualidade. Ele tem por característica, uma cozinha internacional, com uma mistura de toque regional.  Além de já ter ganho alguns prêmios, como o do Festival Internacional do Camarão da Costa Negra, o Chef apresenta também um programa de televisão junto com o outro Chef Charles Alexandrini.

O gaúcho Charles Alexandrini, é o outro Chef. O descendente de italiano e alemão, tem um restaurante ultra charmoso, o Villa Alexandrini. Carrega o amor à gastronomia no sangue. Já fez vários cursos de gastronomia e de sommelier. Fundou depois disso uma confraria enogastronomica que se transformou depois no atual Villa, para nossa alegria, claro!

A outra Chef, sou eu. Não vou me apresentar, porque vocês já me conhecem, ou podem vir à conhecer aqui no Blog.

Lia Quinderé

Cada Chef ficará responsável por 02 pratos. O Landgraf vai fazer 01 Amuse, 01 Entrada, 01 Magic Moment e 01 prato principal. O Sisi vai fazer 01 entrada e 01 prato principal, o Charles vai fazer 01 entrada e 01 prato principal também e eu vou assinar as sobremesas.

Tudo vai ser harmonizado com Chandon Excellence Rosé.

Chandon Excellence Rosé

Além de todo esse mergulho na gastronomia, o jantar ainda vai contar com a presença super especial do nosso grande DJ Itaquê, que vai se responsabilizar por deixar o ambiente ainda mais agradável e animado.

DJ Itaquê

O jantar acontece no dia 19 de outubro, sexta-feira, às 20:30hs, na Casa Cor Ceará (Praça Portugal). As vagas são limitadíssimas, porque o ambiente é pequeno. Apenas 60 vagas, para quem correr e conseguir comprar. Rsrsrs Custa R$ 298,00 e está sendo vendido na loja da Sucré da Virgílio Távora (Av. Virgílio Távora, 284).

Vai ser o máximo!!  Beijos à todos!!


Veja mais!

08 Out

Banquete Miss Brasil 2012 – Vídeo

Por Lia Quinderé em 08/10/2012 às 10h38m

» Comentários (4)

Dizem que promessa é dívida, então conforme prometido, estou postando pra vocês o vídeo que foi divulgado pela Band, do Banquete Miss Brasil 2012.

Dá uma olhadinha!

Aproveitando a oportunidade, não esqueça de participar do concurso cultural da Sucré! Muitas delícias aguardam o vencedor!

Acesse: www.facebook.com/sucrepatisserie

Bom dia e uma ótima segunda pra vocês!


Veja mais!

Tags: , , , , ,

01 Out

Epice – A casa do Chef Alberto Landgraf

Por Lia Quinderé em 01/10/2012 às 13h15m

» Comentários (2)

Já fazia mais de um ano que eu tinha a pretensão de conhecer o Epice, do Chef Landgraf, em São Paulo. Conheci o restaurante pela Veja São Paulo, que no ultimo ano, elegeu o Alberto como Chef revelação, daí minha grande curiosidade em conhecer.

O Chef, depois de 5 anos entre Paris e Londres, voltou ao Brasil e em 2011 abriu o Epice. Já ganhou vários prêmios, entre eles o de melhor Chef de São Paulo no ano de 2012, pela Go Where. Além de vários outros da Revista Veja e Época. É considerado, também, pelo Alex Atala um dos 5 melhores chefs do Brasil.

E a experiência no Epice, com um currículo de peso como o do Landgraf, não poderia ser definida de outra forma, a não ser espetacular.

Na ultima sexta-feira, estive no Epice para um almoço, com a Karina Santos, representante da Sucré em São Paulo. Poderia dizer que o Chef tem uma cozinha autoral, criativa, inventiva e inovadora. Além de ter traços da Nouvelle Cuisine, sempre muito atento à apresentação e decoração dos pratos.

A ótima notícia pra quem mora em Fortaleza, é que o Chef estará aqui para a IV edição do Banquete dos Chefs, que acontecerá no dia 19 de outubro (depois dou mais detalhes pra vocês)!

O Chef veio nos cumprimentar e informou que havia preparado um Menu degustação, pra mostrar um pouco do que ele ia fazer no evento em Fortaleza. Um Menu maravilhoso, difícil de descrever a experiência, mas que vou tentar mostrar agora pra vocês.

Enquanto esperávamos, foram servidos pequenos pães da casa. Acompanhados de azeite extra virgem e sal. Destaque para o pão de azeitonas pretas. Todos bem frescos, macios e crocantes.

A primeira entrada foram Vieiras marinadas, cobertas por gelatina de maçã verde, azeite extra virgem e brotos de manjericão. As vieiras estavam quase cruas, muito macias, desmanchavam na boca. A gelatina de maçã verde complementava o prato com um sabor levemente adocicado e com uma suave acidez surpreendente. Ao mesmo tempo que leve, o prato se apresentava muito marcante.

A segunda entrada era composta por pétalas de cebola roxa, pignoli, com um butter Milk com redução de cerefólio (uma planta conhecida como folha da alegria).

O prato vinha sem o butter Milk, que era colocado pelo mâitre no momento em que chegava à mesa (ressaltando a competência e atenção dele, mostrou-se muito apaixonado pelo que faz).

A leve crocância das cebolas, contrastadas com o pignoli, e o molho de manteiga tornaram o prato surpreendente. A vontade que deu foi de virar o prato na boca para tomar o caldinho que restou ali. Mas minha boa educação não me permitiu isso. Rsrsrs

A terceira entrada foi, nada mais nada menos que, a melhor de todas, em minha opinião. Um creme de feijão preto, com um ovinho de codorna pochê, farelo de avelã com brioches tostados e molho vierge, feito à base de limão siciliano. Gente, o que era aquele ovinho pochê, que se desmanchava à primeira garfada?! Sensacional! Criativo, embora óbvio para nós brasileiros.

O prato principal parecia uma obra de arte pintada em uma tela branca. Paleta de leitão, lasanha gratinada de leitão, abóbora laqueada e uma espuma de leite de amêndoas. A carne, extremamente delicada, desmanchava-se no garfo, sem ser necessário usar a faca. A abóbora conferia à carne um sabor adocicado maravilhoso. E a espuma, remetendo à fusion cuisine, complementava o prato de uma forma que não consigo nem descrever.

A sobremesa foi servida e eu já estava triste, porque a experiência estava chegando ao fim. Eram placas de merengue, Crème Frâiche, morangos frescos, sorbet de morango e uma farofa de polvilho com limão. A acidez do morango, misturada ao doce do merengue e ao toque de limão, formavam uma combinação perfeita! Hummm.

Eu achava que tinha terminado, mas o Chef ainda nos surpreendeu com uma sobremesa de chocolate. Sorbet de chocolate, em uma cama de cacau, gelatina de Jack Daniels com um bolinho de banana incrível. O sorvete tinha uma textura maravilhosa, cremosa. A cama de cacau amarga contrastava com o doce, equilibrando bem a sobremesa. O Jack Daniels, pra mostrar a presença forte do álcool era discreto, ao mesmo tempo, forte. E o bolinho de banana, com um caramelo que se derretia por dentro,  era simplesmente DIVINO.

Assim terminou minha odisséia no mundo do Epice e do Chef muito simples, humilde e  simpático, Alberto Landgraf.

E pra quem ficou com água na boca, dou duas dicas: Se você mora em São Paulo, corra no Epice o mais rápido possível. Lembrando que é importante reservar! E se você está em Fortaleza, aguarde até o dia 19 de outubro, para conferir no Banquete dos Chefs!

Mais informações:

Rua Haddock Lobo 1002 Jardins

Tel: (11) 30620866

www.epicerestaurante.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Veja mais!