12 Nov

Sonhar Acordado

Por Lia Quinderé em 12/11/2012 às 13h49m

» Comentário (0)

Sonhar Acordado

Oi, gente! Hoje venho aqui pra falar sobre o projeto “Sonhar Acordado” o qual sou coordenadora e quero compartilhar a ideia com vocês!

O Sonhar Acordado é um projeto que nasceu no México, em 1998, quando um jovem de apenas 18 anos se deu conta de que poderia fazer a sua parte para um mundo melhor com um gesto muito simples: proporcionar que crianças carentes desfrutassem verdadeiramente de suas infâncias. Desde então, o projeto se expandiu, sendo difundido no mundo todo por milhares de jovens voluntários que também entenderam a importância e a magia contida no ato de brincar. Para as crianças, brincar não é apenas se divertir. Brincar é a forma que os pequeninos encontram para se relacionar com o mundo, desenvolvendo-se e se tornando adultos melhores.

Em Fortaleza, o Sonhar Acordado atua desde 2001, realizando atividades que promovem a infância e proporcionam às crianças assistidas a chance de esquecerem suas duras realidades e “serem crianças”, brincando, correndo, pulando e, principalmente, sorrindo. Durante todo o ano, são desenvolvidas atividades educativas e culturais na própria comunidade, além de ações de lazer fora das escolas, como o Dia do Sonho e a festa de Natal. Para celebrar as ações desenvolvidas durante o ano, no dia 02 de dezembro, no Siará Hall, será realizada a tão sonhada Festa de Natal que terá como tema: “Fábrica dos Sonhos”. A Festa contará com cerca de 1.300 pessoas, dentre crianças e voluntários, num ambiente com decoração temática, muitas brincadeiras, lanches variados e muita animação e alegria. Ao final do dia, o momento mais esperado: a chegada do Papai Noel e a distribuição de presentes para todas as crianças.

Sonhar Acordado

 

Nesse ano, decidimos sonhar ainda mais alto e ajudar o Papai Noel a presentear nossas crianças com 500 bicicletas e, com isso, colocar sorrisos em 500 lindos rostinhos.

Para isso, contamos com a sua colaboração através de doações para a aquisição de 500 bicicletas que podem ser feitas através do site Barato Coletivo. Tais doações podem variar de R$ 5,00 até o valor que você desejar, tudo para ajudar a fazer o Natal de 500 crianças mais feliz! Basta clicar no link abaixo!

http://www.baratocoletivo.com.br/fortaleza/barato/doacao-sonhar-acordado-da36b647

Contamos com a sua participação e desde já, muito obrigada!!!


Veja mais!

Tags:

08 Nov

Penne, Camarão e Queijos especiais

Por Lia Quinderé em 08/11/2012 às 10h47m

» Comentários (8)

Penne, Camarão e Queijos Especiais

No ultimo feriado, na casa de serra da minha família, resolvi ir pra cozinha fazer o jantar do sábado à noite. Grande responsabilidade. A casa estava cheia de primos especiais. O menu escolhido foi Camarão. Queria usar um camarão da Fisgo gigante que havia comprado.

Fiz uma massa, penne, um molho de queijos especiais (super fácil de fazer) e camarões salteados no gengibre. Acho que todo mundo gostou bastante. O meu termômetro para isso, é ver as pessoas se levantando para repetir! Rsrsrrss

Postei uma foto no instagram e muitas pessoas me pediram pra compartilhar a receita. Então aí vai! Espero que gostem!!

Penne, Camarão e Queijos Especiais

Produtos que você vai usar:

 

Massa

01 kg de Penne

Camarão

01 kg de Camarão Fisgo grande, cru, limpo e sem casca

01 raiz de gengibre

04 dentes de alho

Sal à gosto

 

Molho:


1 pct de creme de queijo em pó (desses prontos, que vende no saquinho)+01 l de água

100g de queijo Gruyère
100 g de Queijo Roquefort
100g de Queijo Ementhal
01 pct de fondue de queijo

300ml de Creme de leite fresco
Prepare assim:

Massa

Ferva a água com sal à gosto e algumas gotas de azeite. Deite a massa aí. Espere o tempo de cozimento, que pode variar de marca para marca. Quando estiver ao dente, retire, escorra e adicione manteiga.

Camarão

Em uma frigideira grande, coloque azeite, alho, sal e gengibre. Coloque os camarões aos poucos, salteando-os, sem que fritem demais.

 

Penne, Camarão e Queijos Especiais

O ponto correto é até que fiquem macios e levemente rosados. Vá adicionando mais azeite, alho, sal e gengibre, à medida que for retirando e repondo os camarões. Reserve-os.

Molho

Refogue no azeite o alho. Adicione 01 litro de água e 01 pacote do creme de queijo. Mexa até dissolver. Adicione os queijos cortados em pedaços pequenos. Mexa para que derretam. Por ultimo, adicione o fondue de queijo. Continue mexendo até que engrosse um pouco. Adicione o creme de leite e a noz moscada à gosto.

Montagem

Misture o molho com os camarões e sirva quente em cima do penne.

Ofereça queijo parmesão ralado à parte.

Voilà!

Bon Appétit!!!

 DICA DA CHEF

1.    Nunca use queijo ralado de pacote. Não tem o mesmo gosto que o fresco ralado minutos antes de ser servido.

2.    Uma dica para saber se o penne está cozido é tirá-lo da água e parti-lo, se ele estiver cru, você verá uma linha branca interna, na parte que cortou. Se a linha branca não aparecer, é sinal que está no ponto. 

3.    Importante não deixar o penne cozinhar demais e passar do ponto. Massa mole demais é um horror! Rsrsr

4.    Se existir na família, pessoas alérgicas, deixe o camarão à parte, para que as pessoas se sirvam só do molho de queijos.

 

Espero que tenham gostado!!! E experimentem fazer! Depois quero saber das experiências!!! Bjos e até a próxima!!!


Veja mais!

01 Nov

Menu du Jour – Pirulitos de chocolate

Por Lia Quinderé em 01/11/2012 às 15h22m

» Comentário (0)

Menu du Jour - Pirulitos de Chocolate

Na ultima sexta-feira, participei da IV Edição do Banquete dos Chefs, que aconteceu na CasaCor Ceará. Foram 04 Chefs: Eduardo Sisi, Charles Alexandrini, a chef que vos escreve, e o Alberto Landgraf, eleito melhor Chef de São Paulo no ano de 2012, pela Go Where.

O Banquete era composto por 10 pratos, incluindo 2 sobremesas que ficaram ao meu cargo.

O evento foi um sucesso! E pra não deixar vocês de fora, resolvi compartilhar a receita de uma das sobremesas do Banquete! Esperamos que gostem da dica de hoje!

Produtos que você vai usar:

Croustillant:

80g de açúcar de confeiteiro
20g de Farinha
30ml de suco de cajá
Raspas de uma laranja
30g de manteiga derretida
40g de amêndoas fatiadas

Massa de base (Pâte à Bombe):

40ml de água
100g de açúcar cristal
200g de gema de ovo

Sabayon de Chocolate:

112g de Massa de base
150g de chocolate amargo
300ml de Chantily batido

Pirulitos de Doce de amêndoas, trufas e chocolates.
Ouro comestível.

Prepare assim:

 

Croustillant:

Derreta a manteiga, misture com o açúcar e a farinha. Adicione uma pitada de casca de laranja, o suco de cajá e as amêndoas. Mexa com o foue (batedor de arame). Em uma assadeira com tapete anti aderente, derrame a mistura, espalhe com a espátula, para que fique com a espessura fina. Leve ao forno e deixe dourar. Ao retirar do forno, vire o tapete sobre a bancada, corte o biscoito em quadrados pequenos. Deixe esfriar.

Massa de base (Pâte à Bombe):

Coloque o açúcar e a água na panela, leve ao fogo. Bata as gemas na batedeira. Quando a calda de açúcar estiver em ponto de bala mole, derrame-a sobre as gemas e continue a bater, até que esfrie por completo.

 

Sabayon de chocolate:

 

Bata o chantilly, e derreta o chocolate. Misture um pouco do chantilly com o chocolate e mexa. Derrame o chocolate na massa de base (quantidade separada para o Sabayon) e misture. Com o chantilly, mexa delicadamente com a espátula pão duro. Quebre pedaços do biscoito crocante no mousse. Em um saco de confeitar, sem bico, coloque a mistura e preencha a torta, até a altura do biscuit lateral. Reserve.

 

Montagem:

 

Posicione os pirulitos no prato, com um saco de confeitar, com bico 12, coloque sobre a lateral esquerda do prato, 2 esferas altas de sabayon de chocolate. Cubra com o crocante quadrado, decore com ouro e pingue chocolate derretido ao lado.

Voilà!

Bon Appétit!!!

Nível: Dificil

DICA DA CHEF

  1. Os pirulitos podem ser ao seu gosto. Nesse prato, fizemos uma trufa de chocolate 70% com recheio de pistache, uma trufa de chocolate crocante, com mel e um doce de amêndoas lasqueadas.

Utilize a criatividade no crocante. Ele fica maleável e pode ser moldado no formato que você pretender, enquanto estiver quente!


Veja mais!

Tags: , , , , , , ,

29 Out

IV Banquete dos Chefs – O Evento

Por Lia Quinderé em 29/10/2012 às 14h42m

» Comentário (1)

IV Banquete dos Chefs

O Post de hoje é especial porque vai contar todos os detalhes de como foi a IV Edição do Banquete dos Chefs que aconteceu no último dia 19 em Fortaleza.

O evento aconteceu na Casa Cor, no restaurante do Limone, que no dia, cedeu o espaço para que fizéssemos o evento.

Os donos do evento, os chefs e amigos, Eduardo Sisi e Charles Alexandrini me convidaram para ajudar na organização e eu adorei o desafio.

Quando começamos a pensar no evento, pensamos em inovar em relação às outras edições e por isso resolvemos convidar um chef de fora de Fortaleza. A ideia era trazer um nome de peso, e dar a oportunidade aos nossos clientes de conhecerem alguma personalidade da gastronomia brasileira.

IV Banquete dos Chefs

Foram 04 Chefs, 70 pessoas, 10 pratos, Harmonização com Chandon Excellence Rosé, pratos Limoges e talheres de prata do AcervoWP. Foi um sucesso!

IV Banquete dos Chefs

Começamos o serviço com as Amuses do Chef Alberto Landgraf, que surpreendeu à todos com sua cozinha autoral, conceitual e chic.

IV Banquete dos Chefs

A primeira, o Magic moment, foi uma entrada de palmito pupunha, vinagre de mel e purê de limão siciliano. Combinação perfeita. Mel e limão são como irmãos ao meu paladar, e ao juntar-se com o palmito que tinha uma crocância delicada, suave, se transformaram em uma leve e deliciosa forma de começar o banquete.

IV Banquete dos Chefs

A segunda Amuse do Chef convidado foi um prato de picles de cebola roxa, com vinagrete de pignolis e leitelho. Surpreendente. O molho, um butter Milk com cerefólio (planta conhecida como folha da alegria), fez muita gente querer virar o prato e beber o remanescente no prato! As cebolas contrastando com os pignolis, e a redução de manteiga… Nossa! DIVINO!

IV Banquete dos Chefs

A primeira entrada foi também do Landgraf, e na minha opinião, a melhor de todas. Caldo de feijão com ovo de codorna pochê, farelo de avelãs com brioches tostados e molho vierge, feito à base de limão siciliano. O ovinho de codorna, cozido por fora, mole por dentro, que ao partir estourava a gema, era a grande estrela do prato. Encho a boca de água só de pensar!!! Rsrsr

IV Banquete dos Chefs

A segunda entrada era do querido Chef Charles Alexandrini. Eu particularmente adoro uma característica da cozinha dele. Ele sabe aproveitar muito bem a nossa localização geográfica. Prepara os nossos frutos do mar como poucos.

IV Banquete dos Chefs

E a entrada dele foi batata brava confitada com mousseline de camarão. A batata era cortada em formato de cestinha, recheada com a mousseline levemente apimentada e coroada com uma camarão super macio.

IV Banquete dos Chefs

A terceira entrada com certeza foi uma das que mais surpreendeu. O Chef Eduardo Sisi, talentosíssimo, preparou um gratinado de catupiry, shitakes caramelizados, Parma crocante e sobre asas de frango.

IV Banquete dos Chefs

Digo que foi a que mais surpreendeu porque a combinação de frango, cogumelos e Parma foi no mínimo inusitada e criativa.

IV Banquete dos Chefs

Depois das entradas, vieram os pratos principais. O primeiro deles foi o do Chef Charles. Um risoto de arroz negro com mexilhões e camarões. Eu sou super suspeita pra falar porque amo camarão e mexilhão. Mas foi unânime que o Chef arrasou na combinação.

IV Banquete dos Chefs

O segundo prato foi do Sisi, outra excelente surpresa. Sassami ao molho xadrez com arroz yakimeshi trufado. O sassami é a parte mais nobre do frango. Uma parte do filé de peito. O arroz yakimeshi do Eduardo é famoso. E a trufa deu um toque muito especial. Por fim, uma espiga de milho pequenininha, lembrando como frango combina bem com milho.

IV Banquete dos Chefs

O último prato principal, para fechar com chave de ouro, o Chef Landgraf preparou uma paleta de Leitão, acompanhado de uma lasanha de leitão e abóbora laqueada. Sensação indescritível de encostar o garfo na carne e ela se soltar, super macia.

Iv Banquete dos Chefs

Depois dos pratos, foi chegada a vez das sobremesas que eu havia preparado pro banquete. O meu processo criativo começou um mês antes do banquete. Queria fazer uma sobremesa com alguma fruta e outra com chocolate. Depois de pensar bastante, fazer vários testes, desenhar… Consegui ficar satisfeita com duas.

IV Banquete dos Chefs

A primeira, um biscoito Tuile em formato de gota, que abrigava um sorvete de banana caramelada, e algodão doce de canela em cima.

IV Banquete dos Chefs

A segunda foi uma seleção de pirulitos de chocolate, amêndoas, mel e praliné de avelã. Acompanhados de croustillant de amêndoas e laranja com sabayon de chocolate, um mousse de chocolate super cremoso.

IV Banquete dos Chefs

Muitas pessoas bacanas se fizeram presentes no banquete e curtiram também o som do queridíssimo e super talentoso DJ Itaquê.

IV Banquete dos Chefs

Agradecemos à todos nossos patrocinadores: O Povo, Bomar, Granja Regina, Mercadinhos São Luiz e Chandon. E aos nossos apoios: Finna, Casa Pio, Acervo Wp, Dj Itaquê, Igraf, Padeirão, Limone, Engefood, Maúna, Senac, Cia dos Novos e Frank Borges.


Veja mais!

Tags: , , , ,